search
top

Rá contra Apófis, Ordem contra o Caos.

Nota do resenhista:

Apófis está se reerguendo. Sadie e Carter Kane precisam encontrar uma maneira de fazer com que o deus do caos continue aprisionado, mas não sabem onde se encontra o deus Rá, seu inimigo mais poderoso. E quando o encontram, o deus Sol não parece muito disposto a colaborar…

O trono de fogo (Rick Riordan)

Tempo: para ler de um tiro só no final de semana.
Finalidade: para rir;
Restrição: para quem não gosta de coisas moderninhas.
Princípios ativos:  Rá, Deuses, Deusas, Egito, Magia, Fantasia.

imageCarter e Sadie estão de volta a casa do Brooklyn, agora uma sede de treinamento para jovens do mundo todo que descendem de linhagens faraônicas. Desta vez, eles precisam encontrar os pedaços do Livro de Rá, o deus Sol, e decifrá-lo para poder vencer uma batalha contra Apófis, o deus do caos. Eles só têm cinco dias para decifrar o livro, despertar Rá e evitar que Apófis se liberte de sua prisão milenar.

No meio disso, Carter lida com uma paixonite obsessiva, enquanto Sadie suspira pelo deus Anúbis e por Walt, um dos seus aprendizes. Quando Sadie volta a Londres para celebrar seu aniversário com suas amigas, tudo dá errado e assim, novamente os irmãos embarcam em uma nova aventura, lidando com novos inimigos e com as dúvidas dos deuses sobre o despertar de Rá.

A Casa da Vida, com Desjardins como Sacerdote-Leitor Chefe, agora oferece um perigo maior, pois um mago poderoso parece estar controlando Desjardins totalmente, e os irmãos precisam descobrir se despertar o deus Sol realmente os ajudará na luta contra o caos. Novos deuses são apresentados, assim como o mito do nascimento do sol e a luta da Ordem contra o Caos. Riordan continua, em meio a aventura principal, apresentando as várias facetas dos deuses egípcios.

Desde o primeiro livro, o autor utiliza algumas passagens cômicas para expressar as dúvidas e descobertas pertinentes à adolescência.  Neste segundo livro, estas passagens conseguem ser mais engraçadas. Uma excelente sequência.

Resenhado por Natallie Alcantara

*Título original: The throne of fire.
400 páginas, Editora Intrínseca, publicado em 2011.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários

  1. Rodrigo Oliveira disse:

    Nossa, eu adorei esse livro (também gostei do primeiro). Tenho que arranjar tempo pra ler logo o terceiro.

    Ótima resenha, Nat, e saiba que um dia vou chegar ao seu nível!

Deixe um comentário

top