search
top

[Resenha] Encontrando sua alma gêmea.

Nota do resenhista Flávia acabou de se mudar para Viçosa, para cursar Agronomia na UFV. Ela acaba conhecendo Sônia, dona da única loja de produtos esotéricos da cidade que sabe muito mais sobre Flávia do que a jovem jamais imaginou. Uma história de alma gêmea, magia Wicca que vai prender você do início ao fim.



   Tempo: Para ler de um tiro só no final de semana.

   Finalidade: Para se emocionar.

   Restrição: Para quem não gosta de assuntos sobre magia e afins.

   Princípios ativos: Romance nacional, magia, Wicca, Alma gêmea, bruxa.


Até eu te encontrar, de Graciela Mayrink.

Flávia é órfã de pais desde os cinco anos. Criada pelos tios e sem saber muito sobre a vida da mãe, acabou de se mudar para Viçosa, para cursar Agronomia na UFV. No primeiro dia, acaba conhecendo Felipe, um cara super gente boa que a ajuda a escapar do trote dos calouros. Ela também conhece outras pessoas, dentre elas Gustavo e Sônia. Esta é dona da única loja de produtos esotéricos da cidade e sabe muito mais do que aparenta mostrar… Em um jantar que oferece para uma amiga e sua família, Sônia convida Flávia, que aceita. Lá, ela conhece Lauren, filha do casal convidado, e se torna amiga da jovem, sem saber que a mãe dela foi uma grande amiga de sua própria mãe. A amizade com Lauren se estreita, e ela percebe que a menina já conhecia seus mais recentes amigos: Felipe, Mauro, Luigi e a insuportável namorada deste, Carla. Aliás, a mesma mostra logo de cara que não gosta de Flávia. Nenhum dos amigos de Luigi gosta dela, enquanto Flávia, sem nem saber por quê, começa a antipatizar com Luigi. Quando eles finalmente se conhecem, a antipatia de Carla por Flávia aumenta, a antipatia de Flávia por Luigi aumenta, mas Luigi começa a se sentir estranho, principalmente quando ele vê a moça tão perto de Felipe, seu grande amigo… No meio de tudo isso, Flávia descobre muito mais do que gostaria sobre a história de sua mãe: ela fazia parte de um grupo de bruxas Wicca. Flávia, sua herdeira, também tem o mesmo poder. Mesmo sem acreditar muito nisso, ela aceita as orientações de Sônia, ao mesmo tempo em que seus sentimentos por Luigi começam a mudar. Será que ela acredita que encontrou sua alma gêmea?

Esse livro foi uma surpresa. Foi mais um que me ensinou a não ser “preconceituosa” com os novos talentos da literatura nacional. A nova capa ajudou, porque eu escolhi e depois que vi o título, aí percebi que já conhecia o livro por indicação de outras pessoas. Graciela conseguiu falar da magia Wicca de uma forma bem diferente a que estou acostumada a ler, sem focar muito na questão da Deusa, e sim mostrando seus ensinamentos (se você já fez uma simpatia para o bem, então conhece um pouquinho do assunto rs). Gostei muito, principalmente porque a narrativa não é enrolada, a autora foi a segunda que li que não se perde em muitas descrições nem em longas temporalidades, ela vai logo direto ao ponto chave da história. Não sou muito chegada em livros que comecem a falar de alma gêmea e essas coisas, mas a autora conseguiu não ser melodramática ao abordar o assunto. Gostei muito, qualquer hora dessas releio. Super indicado.

Resenhado por Natallie Alcantara.

382 páginas, Editora Novo Conceito, publicado em ano 2013.

Deixe um comentário

top