search
top

[Resenha] Uma Jane Austen adolescente

Nota do resenhista: Muito se sabe sobre a vida adulta de Jane Austen, mas pouco se sabe sobre sua vida enquanto adolescente. É preciso ter um toque mágico para retratar esse período de vida da autora.  Quem imagina uma Jane Austen adolescente com aquele humor típico de Lizzie Bennet, bom… Leia esse livro.




   Tempo: Para ler de um tiro só no final de semana

   Finalidade:  Para se divertir

   Restrição:  Para quem não gosta de Jane Austen

   Princípios ativos:  Jane Austen, sequência, amizade, diário, romance



Eu fui a melhor amiga de Jane Austen, de Cora Harrison

Jenny esta apavorada. Sua amiga Jane está doente e não recebe os cuidados devidos. Uma carta escrita a Sra. Austen pode resolver os problemas, mas Jenny está com medo de sair para levar a carta ao correio, pois já é noite e não cabe bem a uma jovem donzela ser pega andando por Southampton sozinha e desacompanhada. Mesmo assim, ela toma sua decisão e sai. No caminho, onde cada virada de esquina é um sobressalto, ela acaba recebendo ajuda de um jovem militar. Capitão Thomas Williams, é o nome dele. Depois de ouvir sua história, ele entrega a carta e a leva de volta a escola para meninas. Jenny fica impressionada com o porte do rapaz, mas isso não é capaz de tirar a preocupação com a prima de sua cabeça. Quando Jane começa a melhorar, quem cai doente é Jenny. E não demora muito os Austen aparecem para levar as duas. Um bom tempo depois, ela está melhor e se encontra feliz da vida, pois seu irmão e cunhada permitiram que ela ficasse hospedada com a família de sua tia. Assim, Jenny experimenta uma vida em família que desconhecia, participando de suas atividades e diversões. Em um dos bailes, ela acaba reencontrando o capitão Thomas Williams, que a reconhece. Com medo de que ele a denuncie, Jenny não consegue falar nada. Mas o jeito educado do jovem militar logo a tranqüiliza. No entanto, a promessa de se verem de novo cai por terra quando uma carta denunciando o comportamento da jovem naquela noite. Agora, Jenny não quer mais saber dele. Será que o capitão conquistará a confiança da moça novamente?

Esse livro foi uma delicia de ler. Os Austen da história são esses mesmo, a família de Jane Austen. Cora Harrison, na verdade, criou uma história muito boa tendo a família da escritora como personagens principais. Talvez por isso tive a impressão do livro ser quase uma biografia, ainda mais porque foi escrita em forma de diário (um ponto alto do livro, aliás, é esse). Fã de Jane Austen, Cora consegue fazer o leitor sentir que está lendo um livro da própria autora, tal é a linguagem que utiliza. Poucos conseguem escrever readaptações ou sequencias de clássicos utilizando o mesmo tom de narrativa que o autor original, e dentre esses poucos está Cora. Uma leitura muito divertida e recomendada.

Resenhado por Natallie Alcantara

317 páginas, Editora Rocco Jovens Leitores, publicado em 2011.
*Título original: I was Jane Austen’s best friend: a secret diary.
Tradutor: Dilma Machado.

 

Comentários

  1. Gabriela disse:

    Acabei de terminar de ler, me apaixonei por jane e jenny.. Me apaixonei junto com jenny kk e sofri com jane.. Muito pft

  2. Pretensos escritores.

    Eu João Cirino Gomes; Autor da Obra O Massacre da Máfia no Amazonas, venho por meio desta informar aos desavisados interessados em publicar, para tomarem cuidado com a Biblioteca Editora 24×7, pois este pessoal vem dando o golpe em vários autores.

    E os que já foram lesados por esta editora, entrem em contato comigo, através do email> [email protected]
    A intenção é entrar com um processo por propaganda enganosa, estelionato e apropriação indébita; pois os picaretas irresponsáveis, que administram esta editora; digo espelunca, ou arapuca, estão dando o golpe no mercado.

    Este pessoal faz promessas, interessados em se apropriarem de certo valor pago pelo autor, não cumprem nada do prometido, dizem que a obra não vende, mas mesmo depois dos três anos contratuais, continuam postando a obra e fazendo propaganda comercial da mesma. Se vc mandar uma carta para destrato, eles dizem que não receberam e continuam usando a obra sem sua permissão, e sem pagar nada por isso, como se da obra fossem os donos.
    De longas datas eles vêm agindo desta maneira.
    Se vc não tomar providencias, eles se apossam de sua obra, pois direitos autorais, nenhum autor recebe mesmo.

Deixe um comentário

top