search
top

[Resenha] Um livro sobre as experiências de infância.

Nota do resenhista

Um homem de meia-idade desenterrando suas memórias de infâncias. De um lado estão às lembranças da doce amiga Lettie Hempstock. Do outro, coisas estranhas que aconteceram quando era criança. “Uma fábula que nos lembra como nossa vida é ditada pelas experiências de infância. O que ganhamos com elas e o preço que pagamos.” Kirkus Rewiews



   Tempo: Para ler de uma sentada só.

   Finalidade: Ter a experiência de entrar na história.

   Restrição: Para quem não gosta de uma boa leitura.

   Princípios ativos: Mistério, Aventura, Elementos fantásticos, Relações familiares.


O Oceano no Fim do Caminho, de Neil Gaiman

O livro traz a história de um homem de meia-idade que retorna ao lugar onde passou sua infância para um funeral, o que acaba trazendo de volta as lembranças de uma série de coisas que aconteceram no período em que ele tinha sete anos. Essa série de acontecimentos tem início quando um homem que alugava um quarto na casa dos pais desse garoto comete suicídio dentro do carro da família. O carro é encontrado numa fazenda que ficava no fim da estrada, próximo a casa da família do garoto, e é nessas circunstâncias que ele conhece Lettie Hempstock, sua mãe e sua avó. O oceano no fim do caminho é uma fábula sobre as experiências da infância e sobre a descoberta da amizade.

Quando me deparei com este livro no expositor de uma livraria, julguei se tratar de um livro sério demais, e no momento não era o tipo de leitura que eu procurava. Ainda assim, a capa desse livro me chamava muito atenção e resolvi lê-lo sem muita expectativa. Mas na verdade, acabei me surpreendendo muito com essa leitura, por quê: 1) Eu não imaginava que o livro fosse conter elementos fantásticos; 2) O livro fala das relações familiares, e em grande parte da amizade; 3) É uma leitura imersiva. O autor te joga pra dentro da trama, ele te coloca como experienciador das situações pelas quais o garoto atravessa.

Uma coisa interessante sobre “O oceano no fim do caminho” é o fato de que o personagem principal não tem nome, dando ao livro um traço autobiográfico. Não é muito difícil identificar-se com essa obra. Trata-se de um livro curto, com uma narrativa fluída. Embora seja um livro adulto, o autor faz uso de elementos fantásticos. O que agrada, e muito, leitores de literatura fantástica, assim como eu, e acredito que também agradará a muitos de vocês.

 

Resenhado por [Aurélio Muniz]

 

208 p., Editora Intrínsica, publicado em 2013.
Título Original: The Ocean at the End of the Lane.

Comentários

  1. Fernando Mota disse:

    Esse livro é encantador! E Neil Gaiman é cara.

  2. Bruno disse:

    Gostei da resenha! Não sou um grande fã de literatura fantástica, mas pelo que foi descrito, o livro me parece conter uma história fascinante. Certamente o irei acrescentar à minha lista de livros a serem lidos neste ano.

Deixe um comentário

top