search
top

[Resenha] Quando uma garota entra em um bar.

Nota do resenhista:  Comprei esse livro na bienal RJ em 2013 pois o título me chamou muito a atenção e era um dos lançamentos da editora. Como só tinha ligo 50 tons de cinza, que segue essa linha Hot, resolvi dar uma chance a outro livro. Quando vi que o leitor é quem decide o destino da personagem me interessei mais ainda.



   Tempo:  Para ler em menos de um dia.

   Finalidade:  Para quem gosta de livros Hot.

   Restrição:  Para quem não gosta de de livros Hot.

   Princípios ativos: Erotismo.



Quando uma garota entra em um bar, de Helena S. Paige.

Comprei esse livro na Bienal do Rio de Janeiro2013. O titulo e a capa me chamaram atenção, mas de cara não imaginei que fosse erótico (sim, é erótico ), mas é um erótico muito suave ,simples – nada de 50 tons de cinza.

O livro é legal, pois você decide o que vai acontecer com a personagem, cada decisão leva a um caminho diferente, o que faz com que o leitor leia todo o livro e releia fazendo outros caminhos, o que o diferencia da maioria dos livros – E só isso é legal! Uma leitura fácil, rápida e nada de muito ofegante.

É narrado como se fosse a própria personagem contando, porém não tem nome e muito menos idade. Na maioria dos momentos o texto se refere ao leitor – o que o traz para o livro, no entanto uma tentativa meio fraca de fazer o leitor sentir o que a personagem sente. Curiosa de carteirinha, fiz os caminhos que sabia que iam ser mais “calientes”, me decepcionando por não ser tão “ caliente” assim. Não entregarei quotes pois isso pode entregar o futuro da história.

Livros eróticos não fazem meu estilo, mas não encontrei nada diferente nesse livro. Coisas normais no sexo quando estamos dispostos a viver experiências selvagens. Nada pesado, somente a curiosidade é decidir o que vai acontecer com a personagem. Li ele em menos de 2 horas fazendo todos os caminhos, o que me mostrou ser uma leitura super rápida. Não sei se recomendo, mas é ótimo para quem quer sair da rotina literária.

Resenhado por [Mariana Bittencourt]

238 páginas, Editora Novo Conceito, publicado em ano 2013.
*Título Original: A girls walks into a bar
Tradução: Robson Falchetti Peixoto

Deixe um comentário

top