search
top

Para ler: Sangue Quente por Isaac Marion

Warm Bodies traduzido como Sangue Quente pela editora Leya, sem dúvida foi uma leitura que me manteve presa.  A história conta a história de R, um zumbi que embora coma seres humanos, é afetado por uma moral incrível para os padrões da raça. Isaac Marion autor da obra construiu um personagem fascinante, com senso de humor e extremamente introspectivo. R nos mostra que ser um zumbi pode ser extremamente frustrante, sem conseguir expor seus pensamentos, devido sua limitação física. Da mesma forma que nós temos uma sociedade organizada, com padrões, o mesmo é construído ao seu grosso modo entre os zumbis.

O livro conta a forma mais humana das relações, a amizade, o amor e o ódio. Sentimentos básicos de uma relação seja ela qual for. Sem dúvida vale a pena ler o livro.

Dica: Não deixe de conferir na telona a adaptação “meu namorado é um zumbi” .

Sinopse:

R é um jovem vivendo uma crise existencial – ele é um zumbi. Perambula por uma América destruída pela guerra, colapso social e a fome voraz de seus companheiros mortos-vivos, mas ele busca mais do que sangue e cérebros. Ele consegue pronunciar apenas algumas sílabas, mas ele é profundo, cheio de pensamentos e saudade. Não tem recordações, nem identidade, nem pulso, mas ele tem sonhos.

Após vivenciar as memórias de um adolescente enquanto devorava seu cérebro, R faz uma escolha inesperada, que começa com uma relação tensa, desajeitada e estranhamente doce com a namorada de sua vítima. Julie é uma explosão de cores na paisagem triste e cinzenta que envolve a “vida” de R e sua decisão de protegê-la irá transformar não só ele, mas também seus companheiros mortos-vivos, e talvez o mundo inteiro. Assustador, engraçado e surpreendentemente comovente, Sangue Quente fala sobre estar vivo, estando morto, e a tênue linha que os separa.

Informações:

  • Edição: 1
  • Editora: LeYa Brasil
  • ISBN: 9788580440331
  • Ano: 2011
  • Páginas: 256
  • Tradutor: Cassius Medauar

Links:

 Sobre o Filme

top