search
top

Entre nós: Livros eróticos, moda passageira?

O livro “50 Tons de Cinza” foi uma grande aposta da editora Intrínseca que se provou ao meu ver uma escolha arriscada e no final uma grande sacada no mundo editorial.

O livro permitiu que o gênero erótico virasse “moda” no mundo literário e como era de se esperar algumas editoras estão surfando nessa onda. A Novo Século e Leya divulgaram seus lançamentos com o mesmo tema intitulados, “Proibida The Black Door” e “Coração de Bilionário” respectivamente.

Ao que posso perceber a mulherada está ficando um pouco mais desinibida e provando que no mundo literário tem gosto pra tudo. Acredito que o mais importante não é o gênero, e sim se o livro tem uma boa história, personagens e trama . E você, concorda comigo?

eroticos500

 

 

top