search
top

Especial: lançamento de Wild Cards, de George R.R. Martin

Uma curiosidade: pouca gente sabe, mas Wild Cards já foi adaptada em histórias em quadrinhos pela editora Globo nos anos 90. Na época, George R.R. Martin passou despercebido e só passou a ser reconhecido com o lançamento de “As Crônicas de Gelo e Fogo” pela editora LeYa, em 2010. A partir de então surgiu a série da HBO, “Game of Thrones”, que se tornou um verdadeiro hit, tornando o escritor super aclamado pela mídia e, principalmente, pelos fãs.

Hoje, dia 20 de maio, seu “novo” – mas nem tanto – livro é lançado no Brasil: “Wild Cards – O Começo de Tudo”. Na verdade, Martin mais edita os livros do que os escreve. De qualquer forma, são 22 livros – haja disposição e dinheiro! – em uma mistura de ficção científica e super-heróis. Dos 22 livros, 21 já foram publicados no exterior e o último está previsto para ser lançado ainda este ano.

Filme

A série Wild Cards será adaptada para o cinema. A SyFy Filmes, uma empresa da Universal Studios, adquiriu os direitos da série de George R.R. Martin e a história vai virar filme. Melinda Snodgrass, também criadora da série, será responsável pelo roteiro.

Como Wild Cards não possui uma única história, mas sim várias, ainda não foi definido quais serão adaptadas. Mas já foi confirmada a presença do personagem The Sleeper.

Este será um dos primeiros projetos da SyFy e, infelizmente, ainda não há data de lançamento. Só nos resta esperar.

Publicação em quadrinhos nos anos 90

Como dissemos acima, Wild Cards já foi adaptado para histórias em quadrinhos. Na época, foram publicados em revistinhas da editora Globo. Quem imaginaria que 20 anos depois o autor teria todo esse sucesso? Confira as capas de algumas das revistas abaixo:


WildCards1WildCards2

Entrevista para o Brasil

Recentemente, pela primeira vez o autor aceitou falar para um jornal brasileiro. A Folha de São Paulo conseguiu fazer uma super entrevista para o lançamento de Wild Cards.

Ele falou sobre o processo de escrita da série, da qual praticamente não escreve mais, apenas editando os livros. Falou ainda sobre a intensidade dos fãs da série As Crônicas de Gelo e Fogo, que inclusive o pressionam para termina-la.

Folha: Os fãs de “Wild Cards” são intensos como os das “Crônicas”?
George R.R. Martin: As “Crônicas” são a coisa mais bem-sucedida que fiz, então têm mais leitores. Mas os fãs de “Wild Cards” também sabem ser intensos, amam personagens, odeiam outros, debatem quem venceria quem numa briga. No geral, adoro a intensidade dos fãs. A pior coisa é os leitores não se importarem, o que é a triste verdade para a maior parte dos escritores.

Folha: Muitos o pressionam para terminar as “Crônicas”, até temem que não as termine. O sr. tem alguma orientação anotada, para o caso de não poder mais escrever?
George R.R. Martin: Tenho algo anotado, sei como termina a história, mas não tenho tudo pensado, prefiro fazer isso à medida que escrevo. Essa é a aventura de escrever, quando os personagens vão a lugares não imaginados e até errados, me obrigando a reescrever. Sou um escritor lento. Não imagino que isso vá mudar, então quem fica aflito terá de aprender a lidar com isso.

Confira a entrevista completa clicando aqui.

Conhecer o Brasil?

Ao que parece, George R.R. Martin gosta do Brasil. Ele já disse que tem vontade de conhecer o país e espera conseguir tempo para fazer isso. Inclusive, gostaria de vir durante o Carnaval.

Leia o primeiro capítulo!

Wild Cards - Livro 1Para a alegria dos fãs, a Editora LeYa publicou hoje o primeiro capítulo do primeiro volume de Wild Cards, denominado “O Começo de Tudo”. Corre lá para ler! Clique aqui e boa leitura!

Alguém ainda tem dúvidas de que Wild Cards também será um grande sucesso no Brasil? O primeiro livro da série já está a venda no Submarino!

 

 

 

 

Sinopse – O Começo de Tudo – Wild Cards – Livro 01

Ao fim da Segunda Guerra Mundial, a Terra é salva por pouco de um meteoro alienígena. Porém, o vírus que a bomba espacial carrega cai em Nova York e, gradativamente, espalha-se pelo mundo, contaminando parte da população e dotando parte dos sobreviventes com poderes especiais. Alguns foram chamados de ases, pois receberam habilidades mentais e físicas, alguns foram amaldiçoados com alguma deficiência bizarra e, por isso, batizados de coringas. Parte desses seres, agora especiais, usava seus poderes a serviço da humanidade, enquanto outros despertaram o pior que havia dentro de si. Série criada pelo genial George R. R. Martin a partir do jogo de RPG GURPS Supers, que desenvolveu para se distrair com seus amigos. O primeiro volume conta a história dos principais personagens que povoarão as páginas desta série de 22 títulos (editada e também escrita pelo autor de As crônicas de Gelo e Fogo).

Informações adicionais
Editora: LeYa
Ano: 2013
Páginas: 480

Deixe um comentário

top