search
top

Menos inglês, mais brasileiro

A tradicional Festa Literária Internacional de Paraty (Flip) ganha, em outubro deste ano, sua primeira edição em território inglês. A FlipSide, como se chamará o evento brasileiro, terá como homenageados Vinicius de Moraes e Tom Jobim.

O local escolhido para sua primeira edição longe do seu território de origem não é por acaso, Liz Calder, criadora da Flip e também editora, é inglesa, porém não se sente tão à vontade em sua terra natal. Desde criança, Liz tem passado por vários países, chegando ao Brasil na década de 1960, onde trabalhou para algumas grifes e permaneceu durante quatro anos.

A Flipe, criada em 2003, é a realização de um projeto pessoal e, para Liz, “uma esperança de que a literatura brasileira se torne mais conhecida e mais traduzida no resto do mundo”. Palavras de quem sabe reconhecer o sucesso, uma vez que sua própria editora, a Bloomsbury, apostou, em 1997, na história do bruxinho Harry Potter criada por J.K. Rowling.

Segundo Liz, a FlipSide será um acontecimento incomum no Reino Unido por celebrar a cultura de outro país, mas que está feliz em fazer da Inglaterra um lugar um pouco menos inglês.

Fonte: Folha

top