search
top

[Novidade] Cena deletada de “O Último Olimpiano” é divulgada!

Não, você não leu errado! O escritor Rick Riordan divulgou em seu blog uma cena deletado do quinto livro da série “Percy Jackson & os Olimpianos”. Abaixo você confere a cena inédita e, antes, uma nota explicativa do autor:

Percy, Thalia, Annabeth e Grover estão indo para o Central Park para lutar contra os Titãs, quando cruzam com um grupo de mortais desavisados. Como você deve se lembrar, o deus Morfeu colocou todos os mortais de Manhattan em um sono profundo antes que o exército de Cronos atacasse a cidade:

 

As luzes da cidade piscavam. Imaginei que fossem timers automáticos. As lâmpadas no parque reluziram, tornando as árvores e veredas assustadoras – como se precisássemos de mais sustos.

Thalia parou tensa, como se estivesse farejando algo. “Eu voltarei. Preciso checar os caçadores no flanco direito”.

Seu arco apareceu em suas mãos e ela desapareceu entre as árvores.

Nós passamos sobre corpos de Nova Iorquinos adormecidos, movendo-os para segurança o máximo que podíamos. Quando estavamos para atravessar uma ponte de pedras na face norte do parque cruzamos com uma dúzia de garotos, parados junto a um quiosque de pretzel, como se estivessem em fila para comprar algo.
Grover ganiu “Percy… olhe.”
Ele se agachou junto a uma garota ruiva e sardenta. Ela me lembrava uma pequena Clarisse, porque ela também era grande, com uma constituição para jogar futebol americano.
Então meus olhos se arregalaram. “Meus deuses. É… a Nancy?”
Eu não a via há quatro anos, mas ainda a reconhecia. Nancy Bobofit, uma bully que tornou minha vida miserável durante a sexta série. Grover e eu estivemos na Academia Yancy, e ela nos provocava sem dó. Ela estava por perto na primeira vez que suspeitei ser um semideus.
“Quem é Nancy?” Perguntou Annabeth.
“Uma garota que conhecíamos” Grover murmurou “Não uma muito legal.”
Eu olhei para os outros adormecidos. Alguns eu nunca tinha visto, mas outros pareciam um pouco familiares.
“Esta é a nossa turma de Yancy,” eu disse. “Eles devem estar na excursão de verão.”
“É,” Grover disse. Ele apontou para uma senhora em um vestido florido. “Aqui está a Senhora Watt. Ela sempre supervisionou a visita de verão a Nova York. Se tivéssemos ficado em Yancy…”
Ele não terminou sua linha de pensamento. Ambos sabíamos que aquilo era impossível. Não vivíamos vidas normais. Nunca sobreviveríamos ao ginásio sem monstros nos destruírem, ou à escola, ou ambos. Ainda assim era estranho encarar meus antigos colegas de classe. Eu nunca voltei. Assim que deixava uma escola, sempre tentei deixar tudo para trás definitivamente. Além disso, as lembranças eram geralmente ruins. Mas olhando para as crianças que permaneceram, até mesmo a estúpida Nancy Bobofit, eu me senti tomado por uma onda de saudades.
“Eles estão bem no meio do caminho da batalha,” Grover disse, e me olhou esperando por uma sugestão.
“Temos que movê-los,” eu disse. “Debaixo da ponte, talvez. Ficarão mais seguros.”
“Depois de tudo que ela nos fez,” Grover devaneou, “Ela merecia ser pisoteada por um exército de Titãs.”
“Mas não podemos.”
Ele suspirou. “É. Você tem razão. Mas podemos pelo menos desenhar um bigode nela?”
Quatro anos atrás, eu ficaria tentado. Agora eu percebia que não odiava mais Nancy. Eu me tornara outra pessoa. Ela era uma mortal no caminho do perigo – e éramos a única coisa entre ela e a destruição.
“Nada de bigodes,” eu disse. “Annabeth, me dá uma mão?”
Ela me analisava com cuidado, tentando ler meus pensamentos, mas não disse nada. Ela apenas me ajudou a arrastar o grupo para segurança.

 

Referência: Blog do autor

top