search
top

[Resenha] A mais nova dos Sullivan

Nota do resenhista [rating=3]
Será possível que uma jovem moça possa ser “boazinha” e conseguir tudo o que deseja? Essa é uma é a história de uma noite de sexo ardente que unirá duas pessoas próximas da maneira mais inusitada possível e agora suas personalidades diferentes irão fazer essa relação quase impossível.

 

 



   Tempo: para ler aos poucos.

   Finalidade: para quem gosta de romance água-com-açúcar

   Restrição: para quem não gosta de romance.

   Princípios ativos: romance, sexo, relacionamento, gravidez.


 

Só Tenho Olhos para Você, de Bella Andre.

Sophie Sullivan é a caçula dos Sullivan e irmã gêmea de Lori, ambas conhecidas como “boazinha” e “mazinha”, respectivamente. Essa é, aliás, uma forma bem óbvia de indicar as personalidades das irmãs. Enquanto uma é dançarina, extrovertida e desinibida a outra é o inverso, como água e vinho.
A caçula dos Sullivan nutre uma paixão platônica por Jake McCann, amigo de infância de seus irmãos mais velhos, e por esse motivo escondeu durante anos essa paixão… até agora.
Enquanto Jake e miss Sullivan trabalham em conjunto para organizar o casamento de Chase, irmão mais velho da gêmea inibida. A química fica cada vez mais intensa a tal ponto que, num rompante de coragem, ela faz uma transformação completa no visual, deixando Jake e todos os convidados de boca aberta.

“Jake piscou, tentando fixar o olhar, enquanto Shopie e Smith davam a volta em uma fileira de vinhas e continuaram andando pelo corredor. Quando continuou a ver coisas minutos depois – coisas loucas, insanas – passou a mão sobre os olhos.”

O resultado foi a vitória e, finalmente, a boazinha teve sua noite de “amor”. Acreditando que tinha fisgado o “cafajeste” confessa a paixão que sente, só para acordar sozinha na cama no dia seguinte.

“Sophie acordou no meio da cama grande à primeira luz da manhã, ainda capaz de sentir as marcas das mãos, dos lábios de Jake sobre sua pelo. Tentou ouvir o som da água do chuveiro caindo, mas a casa alugada estava estranhamente quieta.”

Embora não seja uma moça inocente e pura, a atitude do gostosão a deixa completamente devastada e o pior, grávida!
É nesse clima de amor não correspondido que Belle desenvolve mais um romance inspirado na família Sullivan. Esse livro me divertiu, gostei de ver uma mulher de personalidade sem sal se transformar em uma predadora por uma noite apenas. Afinal no amor e na guerra vale tudo, não é?

“Como se tivesse em câmera lenta, Jake viu Sophie alcançar o trinco da porta, virá-lo e dar aquele passo fatídico para dentro da casa. Ele ficou petrificado, não conseguia fazer nada senão olhá-la entrando cada vez mais, os quadris mexendo-se de um lado para o outro a cada passo que dava. Quando chegou à sala de estar, ainda na linha da visão da porta da frente, ela parou por um momento antes de virar para encara-lo.”

Morri de rir ao vê-la sozinha na cama do cara na manhã seguinte, fiquei imaginado se em nenhum momento ela pensou que isso poderia acontecer, afinal o cara é um galinha e todos avisaram inclusive ele mesmo.
Foi uma grande surpresa saber que a boazinha estava grávida, até porque usaram camisinha, mas assim como na vida real, acidentes acontecem. Melhor ainda foi vê-la se tornar forte e independente, pois criar uma criança sozinha não é fácil. Mas o que poderia ser um motivo para discórdia vira um motivo para que Jake conquiste uma família, um desejo secreto dele.
Durante toda essa confusão um acordo é firmado, Jake deve se provar merecedor de criar seu filho e casar com Sophie em uma semana e isso não será fácil, pois sua vida é cheia de segredos que ela insiste em descobrir.

“Ah Deus, por favor – Pegou-se rezando em silêncio – faça com que nossos filhos tenham o cérebro da Sophie, não o meu.

Uma das garçonetes o viu dentro do carro, agarrado ao volante como se fosse morrer, e acenou discretamente antes de afastar-se, quando percebeu que seu chefe estava realmente fora de controle.”

No fim, foi ótimo ver um personagem compartilhar o mesmo amor que eu pelos livros, e mesmo a história tendo um final previsível como é típico para esse tipo de romance, foi gostoso de ler. A capa desse volume tem uma textura deliciosa, camurçada, não sei explicar e no enviado pela Editora Novo Conceito veio um presentinho que você pode ver clicando aqui.
Acredito que Bella Andre criou uma família de oito irmãos para que pudesse escrever um livro de cada um, então é possível que vejamos mais romances por aí e se seguirem o estilo desse livro, sem dúvida vou ler.
Resenhado por Lucivnia Lima

256 páginas, Editora Novo Conceito, publicado em 2013.
*Título Original: I Only Have Eyes For You.

top