search
top

[Resenha] Uma menina comum. Dois príncipes amaldiçoados. Uma aventura inesquecível.

Nota do resenhista: Dois príncipes condenados a viverem eternamente como tigres. Uma garota que só quer trabalhar para conseguir dinheiro para entrar na faculdade. Uma maldição secular, um feiticeiro perverso e uma aventura de tirar o fôlego. No romance de estréia de Collen Houck, ela mostra que realidade e mitologia estão intimamente entrelaçadas através dos olhos azuis de um belo tigre branco.



   Tempo: para ler de um tiro só no fim de semana.

   Finalidade: para ficar na ponta da cadeira.

   Restrição: não gosta de perder tempo com longas descrições.

   Princípios ativos: Tigres, Maldição, Mitologia indiana, História, Aventura.


 

A maldição do tigre, de Colleen Houck.

 

Kelsey é orfã. Seus pais morreram em um acidente e desde então ela vive com uma família adotiva. Precisando de dinheiro para pagar a faculdade, ela resolve encontrar um trabalho temporário e começa a trabalhar em um circo. Uma de suas tarefas é ajudar a cuidar dos animais. Na primeira vez que vê a atração principal, um magnífico tigre branco com olhos azuis da cor do céu, Kelsey sente uma estranha conexão com o animal. A cada apresentação, ela se sente mais fascinada pelo belo tigre. Um dia, um senhor indiano, senhor Kadam, aparece no circo afirmando que tem intenção de comprar o tigre e levá-lo para uma reserva. Ele pede para a jovem acompanhá-lo com o pretexto de que ela se dá bem com o animal. Kelsey aceita e ao chegar na Índia descobre que o tigre, na verdade é o príncipe Dihren, que foi amaldiçoado há mais de 300 anos. Ele e seu irmão, Kishan, o tigre negro, só podem voltar a forma humana durante 24 minutos a cada 24 horas. Então, Kelsey decide ajudá-los e embarca em uma louca aventura por lugares mágicos, encontra criaturas míticas e enfrenta sérios perigos para ajudar Ren. No meio do caminho, ela se vê cada vez mais envolvida com o belo príncipe de pele dourada e olhos azuis, mas sem conseguir entender os próprios sentimentos em relação a ambos, tigre e homem.

Um livro muito bom. A história envolve desde o início. Repleto de passagens referentes as história e cultura indianas, O fato de ser por Kelsey deu um gosto a mais, já que o leitor acompanha em primeira mão o que ela sente, suas dúvidas e medos. Algumas vezes, essas dúvidas a transformaram na maior CHATA, principalmente no que dizia respeito aos sentimentos dela por Ren. Várias vezes eu tive vontade de fechar o livro (e de bater nela também) por causa disso. Tirando essas partes, a ação e a aventura prendem a atenção do leitor de uma forma que faz você querer fazer alguma coisa para por fim a maldição de uma vez. Totalmente recomendado.

Resenhado por Natallie Alcantara.

*Título original: Tiger’s curse.
352 páginas, Editora Arqueiro, publicado em 2012.

Comentários

  1. Pedro Martins disse:

    Sempre tive vontade de ler essa série, agora mais ainda. Com certeza esta na minha lista de espera! Parabéns pela resenha!

  2. Adriana de Melo disse:

    Um livro apaixonante! Cheio de aventuras! Estou lendo “o destino do tigre”, 4º livro da serie e se não me engano o penúltimo da serie! É tudo tão incrível e é tão bom conhecer lugares novos e gatinhos indianos!rs…rs…meu marido que me perdoe, mas o Ren é um máximo!
    E Pedro! não deixe de ler!!!rs

  3. july disse:

    entã gente to meio triste por que eu amo esse livro mas uma guria desgraçada me conto o final to sem motivos para viver … ai… alguem tem uma dica de livro bem parecido ai ? mas n deixem de le e mt bom mesmo !!!

Deixe um comentário

top