search
top

[Resenha] Cidade dos Ossos

Nota do resenhista E se todas as histórias que nos contam fossem verdade? “Cidade dos Ossos” é o primeiro livro de uma serie que vem conquistando cada vez mais o publico jovem.



   Tempo: Para ler de um tiro só no final de semana


   Finalidade: Para passar o tempo


   Restrição: Para quem não gosta de ficção.


   Princípios ativos: Juvenil, Ficção, Anjos, Caçadores de Sombras, Demônios.



Cidade dos Ossos, de Cassandra Clare.

Clary Fray, uma típica adolescente de 15 anos que vive na cidade de Nova York com sua mãe – pintora – até então leva uma vida normal: briga constantemente com a mãe, vive em perfeita harmonia com o melhor amigo, Simon, e com o amigo de sua mãe, Luke, presença constante em casa.
Certa noite, Clary e Simon vão à boate Pandemônio, onde Clary testemunha um assassinato, porém existe um agravante: só ela consegue ver os assassinos. É assim que conhecemos os Nephilins – filhos de anjos com humanos, também conhecidos como Caçadores de Sombras – Jace, Alec e Isabelle. Os três vivem no Instituto de Caçadores das Sombras de Nova Iorque com os pais, o irmão mais novo de Alec e Isabelle e com Hodge, o tutor.
Os Caçadores de Sombras tem como objetivo manter a ordem entre os membros do submundo, formado por lobisomens, vampiros, feiticeiros, fadas, entre outros seres e criaturas. Embora tenha sido “apresentada” a esse mundo, Clary faz de conta que nada aconteceu, mas no dia seguinte, sua casa é atacada e sua mãe é sequestrada por demônios, a mando de Valentim.
Com o apoio de Jace Wayland, Clary convence Alec, Isabelle e Hodge a ajudá-la a encontrar sua mãe, pois ao que tudo indica Clary não é apenas uma mundana (um ser humano comum).
Eu gostei muito do livro! A forma como os personagens foram criados e o jeito com que Cassandra nos surpreende ao decorrer da história com revelações sobre eles, é simplesmente fascinante! Amei também as ironias presentes nos personagens, principalmente as de Jace, o típico bad boy charmoso, ou seja, já sabem que torço para que ele e Clary fiquem juntos (mas ele é meu OK?). Sim, é clichê, mas não me importo, tem triângulo amoroso!
Apesar de essa resenha ser do primeiro livro, temos mais quatro já publicados aqui no Brasil e um sexto livro será lançado nos EUA ano que vem, e isso me faz ficar louca para ver o final da história! São de autoria de Cassandra Clara também outra série chamada “As Peças Infernais”, com três volumes já publicados e dois traduzidos. A autora também escreveu uma fan-fic sobre a série Harry Potter e uma sobre Senhor dos Anéis.
Foi lançado em setembro a primeira adaptação cinematográfica baseada na série. O filme conta com Lily Collins no papel de Clary, Jamie Campbell como Jace, Robert Sheehan como Simon e outros tantos atores brilhantes.
Concluindo, recomendo a todos!

Resenhado por [Luana Beltramini Vilela].

Editora Galera Record, Tradução: Rita Sussekind

Deixe um comentário

top