search
top

[Resenha] Algumas amizades nunca morrem

Nota do resenhista:  Depois de muito tempo de sufoco, perseguição, mentiras, perigos e vidas destruídas, Aria, Spencer, Emily e Hanna conseguiram, enfim, encontrar um pouco de paz. Sem A para atormentá-las e tendo sobrevivido a um grande perigo, as amigas agora querem mais é descansar e aproveitar a vida.




   Tempo:  Para ler de um tiro só no final de semana.

   Finalidade:  Para aprender a tomar cuidado com segredos.

   Restrição:  Para quem não gosta de mistérios e dramas adolescentes

   Princípios ativos:  Mistério, Drama, Adolescente, Segredos, Tragédias.



Traiçoeiras, de Sara Shepard.

E nada melhor do que férias com amigos em um incrível resort na Jamaica, certo? É, talvez não para essas meninas. Apesar de todo o mistério do caso Alison DiLaurentis estar resolvido, as quatro vão descobrir que alguns assuntos não morrem facilmente – principalmente se alguém não quer que elas esqueçam.

Dez meses depois das férias, as quatro meninas não são mais amigas. De novo. Tudo porque, nas férias, Emily encontrou uma menina loura, de olhos azuis e muitas cicatrizes… Estranhamente parecida com Ali. E esse encontro aparentemente casual vai trazer de volta aquilo que elas mais temiam: a possibilidade de seus segredos mais obscuros serem revelados e arruinarem seus futuros.

Spencer conseguiu entrar na universidade que queria e não podia estar mais satisfeita, principalmente depois de tudo que passou. E tudo ia bem até a mãe anunciar que tem um namorado e pretende deixar as coisas ainda mais sérias. Rico e arrogante, Nicholas Pennythistle tem dois filhos.

Emily está em mais uma encrenca. Depois de abandonar a natação e arruinar suas chances de uma bolsa esportiva universitária, tudo que ela mais quer é uma nova oportunidade. E é quando conhece Chloe e seu pai, que podem ser seu futuro ou a encrencar ainda mais…

O pai de Hanna decide se candidatar ao Senado e ela percebe que não faz parte da imagem de família perfeita que ele pretende exibir com a nova esposa e a enteada. Mas ela não se deixa abalar, ainda mais depois de ser convidada para ser modelo.

Já Aria estava muito bem até que seu namorado toma uma decisão que ela não pode interferir e só agüentar.

Com muitas intrigas e confusões esse foi mais um dos adoráveis e envolventes livros da serie Pretty Little LIars. Com a mesma narrativa envolvente dos outros, na capa temos a nossa perfeita Spencer. E como sempre continuo recomendando a serie a todos. E que chegue logo o próximo porque a curiosidade está me matando!

Resenhado por [Luana Beltramini Vilela]

320 páginas, Editora Rocco, publicado em ano 2013
*Título Original: Twisted.
Tradução: Fal Azevedo 

Deixe um comentário

top