E para marcar os 111 anos do nascimento de um dos mais famosos e queridos poetas brasileiros, uma incrível descoberta: um envelope guardava fotos, cartas e até um modelo de nota promissória de 1915 pertencentes a Carlos Drummond de Andrade.
Os arquivos inéditos, segundo Marconi Drummond Lage, superintendente da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade, mostram um lado até então desconhecido do poeta de sete faces. Podemos ver um Carlos Drummond menos reservado e mais carinhoso com a família.
“Minha querida mamãe, em nenhum dia a senhora deixa de ser lembrada com carinho”, escreveu o poeta em uma das cartas.

“Não é todo momento na história brasileira que esse baú é aberto e se revela a correspondência de um filho com a mãe de um dos maiores poetas da língua portuguesa. É possível localizar mais a relação dele com o pai. Com a mãe, isso está por estudar. É por isso que essas cartas são tão importantes”, afirma Marconi.

Dentre as fotos, pode-se encontrar os registros da formatura em farmácia e até as imagens de um Drummond bebê. O envelope também contém a informalidade das assinaturas dos cartões de visita, “Carlos” apenas.

O material passará por tratamento especial para conservação realizado por especialistas em literatura brasileira. Depois, será liberado para o público.

 

Referência: Jornal Hoje