Enquanto passava pela dor do luto de ter perdido sua irmã abruptamente, Lennie se vê dividida entre dois amores, o ex-namorado e sua falecida irmã, que é a única pessoa que parece saber o que ela está sentindo e oferecê-la algum conforto e Joe, o garoto novo na banda daescola, que quer lhe mostrar que ainda existe vida depois da dor, que faz ela se sentir como se voasse, mas ela deveria estar de luto e não se apaixonando.

Citação famosa: “Por que guardar seus sentimentos, se você pode espalhá-lo por toda parte?”

Porque ler: A fixação de Lennie por poesia, por musica e O Morro dos Ventos Uivantes vai te inspirar e Joe vai te fazer suspirar.

Mariana Arantes, resenhista do Clube do Livro

O Céu Está em Todo LugarO Céu Está em Todo Lugar
Jandy Nelson

Este é um livro de estreia vibrante, profundamente romântico e imperdível. Lennie Walker, de dezessete anos de idade, gasta seu tempo de forma segura e feliz às sombras de sua irmã mais velha, Bailey. Mas quando Bailey morre abruptamente, Lennie é catapultada para o centro do palco de sua própria vida – e, apesar de sua inexistente história com os meninos, inesperadamente se encontra lutando para equilibrar dois. Toby era o namorado de Bailey, cujos sentimentos de tristeza Lennie também sente. Joe é o garoto novo da cidade, com um sorriso quase mágico. Um garoto a tira da tristeza, o outro se consola com ela. Mas os dois não podem colidir sem que o mundo de Lennie exploda…