A fagulha foi acesa e as chamas se espalham

ATENÇÃO: não continue a ler se você não leu o primeiro livro da série “Jogos Vorazes”. 

 

Dois vencedores dos Jogos Vorazes. Isso é um feito inédito. O que Katniss não percebe é que seu truque para vencer os jogos resultou em algo mais: uma situação que a Capital quer evitar a todo custo. Por isso, novamente os amantes desafortunados são mandados de volta pra arena. Começa o Massacre Quaternário. Conheça “Em Chamas”, que retoma a trajetória de Katniss após o evento que mudou sua vida, ao conferir o texto de Natallie Chagas.

“Em Chamas”, de Suzanne Collins

tempoTempo: para ler de um tiro só no fim de semana
indicacaoFinalidade: para ficar na ponta da cadeira
restricaoRestrição: não há restrições
principioPrincípios ativos: ficção infanto-juvenil, programas de TV, reality shows, relações humanas, sobrevivência

barra

Atenção: há spoilers do livro “Jogos Vorazes” no texto a seguir.

“Se você morrer, e eu continuar vivo, acaba a vida para mim no Distrito 12. Você é toda a minha vida.”

emchamas

Peeta Melark e Katniss Everdeen venceram os últimos Jogos Vorazes, feito nunca antes ocorrido. No entanto, a “garota quente” não tem consciência dos pequenos distúrbios nos distritos que ocorrem desde sua vitória. Ela não percebe que sua última atitude nos Jogos se tornou uma pequena chama para aqueles que querem se livrar da opressão da Capital. Agora, ela deve manter a farsa e, pior, convencer o próprio presidente, de que ela realmente ama Peeta e tudo que fez (incluindo seu truque final) foi em função deste sentimento.

Eles precisam parecer um casal de apaixonados, mas acabam novamente trocando os pés pelas mãos.  Então, no ano do 3º Massacre Quaternário, uma maneira diferente de coletar os tributos leva o casal de volta para a arena. Mas isso não impede Peeta e Katniss de lutarem com afinco para salvarem-se mutuamente. Ao mesmo tempo, a fagulha da rebelião já foi acesa. Só resta saber quem pagará pelas chamas espalhadas pelo Tordo.

O segundo livro da trilogia Jogos Vorazes é ótimo. Continua exatamente de onde o primeiro livro parou. O livro apresenta alguns pontos altos:  o vilão da história se torna mais presente (atuante ele sempre foi);  a descrição da situação política também é mais forte; e a melhor parte são os momentos Katniss-Peeta mais intensos (apesar de Gale). Enfim. Uma excelente continuação.

Por Natallie Chagas

413 páginas, Editora Rocco Jovens Leitores, publicado em 2011.
*Título original: Catching fire.

Sobre o autor

7 Comentários

  1. clk

    Assisti o filme e agora vou ler os livros, deve ser muito bom mesmo!!!

    Responder
  2. Rodrigo Potter

    Também vou ler, por isso não li a resenha acima (embora goste demais das resenhas daqui do Ish).

    Responder
  3. Kira

    Não gosto desse livro, nem sei pq falam tanto dele, a história é uma porcaria

    Responder
  4. motorcyclebson

    Não sé rio se eu quisesse saber de jogos vorazes eu entrava no blog dele não no potterish então se liga que esse blog não é de jogos vorazes ta ! :evil:

    Responder
  5. Trícia Guima

    motorcyclebson: o Potterish sempre teve um espaço para postar resenha sobre outros livros que não seja HP, ou você nunca viu isso, desde que eu frequento o Potterish (a cinco anos) que sempre eles postam uma resenha de livros de outra série. Você deve ser novo por aqui ou é mal informado com isso.

    Ainda não li o livro e nem assistir o fime (pretendo ler primeiro para ver se o filme é fiel ao livro).

    Sim é verdade que pode tem gente realmente trocando HP por JV, como fizeram com Crepúsculo, mas sei que tem muita gente que continua amando HP e sendo fiel a ele como eu por exemplo (nunca li e nem assistir Crepúsculo, mas estou tentando acabar com o meu preconceito, mas HP sempre será o número 1)

    Responder
  6. Gabi

    Acho errado o pessoal ficar reclamando do sucesso de Jogos Vorazes. Eu AMO Harry Potter e SEMPRE AMAREI mas isso não significa que eu não possa amar Jogos Vorazes também. Quando terminei de ler HP fiquei muito triste e até um pouco relutante em começar a ler outra série de livros, como se estivesse “traindo” Hp de alguma maneira. Mas vi que isso era besteira e me apaixonei por Jogos Vorazes que é uma história incrível e cativante. Não é TROCAR uma série pela outra e sim aprender a amar as duas incondicionalmente, sem conflitos. Hoje digo que Harry Potter e Jogos Vorazes são minhas paixões, não vejo problema pois não importal qual veio primeiro e qual veio depois, o que importa é que as duas mudaram minha vida para melhor, cada uma do seu jeito. Não vejo problema em amar as duas e acho que os outros fãs de HP também não deviam ver.

    Responder
  7. Gabi

    Trícia, concordo com vc. Aqui no Potterish sempre falaram de outros livros e não vejo nenhum problema com isso!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *