Selecione a página

E que a sorte esteja sempre ao seu lado

A América do Norte não existe mais. Em seu lugar, existe uma nação chamada Panem, formada por 12 distritos controlados pela mão de ferro da Capital. Os Jogos Vorazes, uma competição onde vários jovens lutam até só restar um jogador, é uma maneira cruel de lembrar aos distritos quem manda. É matar ou morrer. No entanto, até onde Katniss está disposta a ir para vencer os Jogos?

Só quem estava em outro planeta não ouviu falar da trilogia de Suzanne Collins, que teve seu primeiro capítulo levado às telas recentemente. Ao trabalhar com o tema da exploração da guerra e da morte para puro entretenimento, “Jogos Vorazes” é uma obra de aventura que acaba questionando a própria vontade e desejo dos humanos de testemunharem o sofrimento. Confira a resenha de Natallie Chagas e fique e olho no Potterish para as resenhas dos outros livros da série.

“Jogos Vorazes”, de Suzanne Collins

tempo Tempo: para ler de um tiro só no fim de semana
indicacao Finalidade: para ficar na ponta da cadeira
restricao Restrição: não há restrições
principio Princípios ativos: ficção infanto-juvenil, programas de TV, reality shows, relações humanas, sobrevivência

barra

“Bem, há uma garota. Sou apaixonado por ela desde sempre.[…] Vencer… não vai ajudar nesse caso.

Por que não?

Porque… porque… porque ela veio para cá comigo.”

jv

É o ano da 74ª edição dos Jogos Vorazes, uma espécie de reality show onde 2 jovens (um feminino e um masculino) de cada um dos 12 distritos que formam Panem são oferecidos como tributos como lembrança da derrota de uma revolta antiga contra o poder de ferro da Capital.

Nesta edição, Katniss Everdeen entra em parafuso quando sua irmã caçula, Prim, é sorteada como tributo feminino do Distrito 12. A jovem se voluntaria no lugar da irmã para os Jogos, enquanto Peeta Melark foi sorteado para ser o tributo masculino. Depois de uma estonteante  noite de abertura, Katniss se torna “a garota quente”.

No entanto, a maior arma que Katniss pode utilizar para sobreviver à arena quem lhe dá é Peeta… Os Jogos começam. Cada tiro de canhão é um tributo morto. É anunciada a mudança de uma regra, o que faz com que Peeta e Katniss estreitem sua convivência. O problema é que eles ainda estão na arena. Será que eles ainda podem vencer os Jogos? Até que ponto Katniss é capaz de ir para alcançar a vitória?

Esse livro é EXCELENTE. Uma das melhores séries que existem.  A autora consegue demonstrar a que veio, pois a história, além de um ótimo romance, também apresenta, desde o início, um excelente suspense político. Os personagens são encantadores e a narrativa em primeira pessoa só torna a história mais interessante. Muitíssimo recomendado.

Por Natallie Chagas

397 páginas, Editora Rocco Jovens Leitores, publicado em 2010.
*Título original: The Hunger Games.

Sobre o autor

19 Comentários

  1. Luh

    Ja estou lendo!!

    Responder
  2. Rodrigo Potter

    Eu sabia que Jogos Vorazes não demoraria a aparecer por aqui. Ainda não li, mas pretendo.

    Responder
  3. Maah Potter

    Eu já li toda a trilogia, são livros realmente muito bons, essa é a minha segunda série favorita (depois de Harry Potter é claro). Tem gente que diz que é igual a Crepúsculo, mas com certeza é muito melhor e a Katniss faz ALGUMA coisa !!!

    Responder
  4. Orley Lima

    É a terceira série que pretendo ler.
    Primeiro terminarei The Wardstone Chronicles (As aventuras do Caça-Feitiço)
    Depois quero ler Wereworld para ver qualé.
    E depois virá The Hunger Games.

    Falando nisso, uma Resenha de As Aventuras do Caça-Feitiço seria demais! #fikdik

    Responder
  5. Aimêe

    Terminei ontem o último livro da série! É excelente mesmo, o primeiro é o meu preferido mas é uma serie q vale a pena demais ler!

    Responder
  6. Beagle do Parque

    O que eu realmente achei interessante na série foi as diversas referências feita pela autora a grandes temas da literatura. Primeiramente a maneira que se dipõe os Jogos Vorazes, que remonta aos tributos oferecidos por Atenas a Creta, para serem devorados pelo Minotauro. Depois a própria ideia de império Romano, sendo que a a tradução de Capitol por Capital, foi infeliz, pois esconde a relação com o Império Romano. Fora a isso a maioria dos personagens do Capitol, com excessão do próprio presidente tem nomes romanos. Tirando esse aspecto que remonta ao escravismo romano, também faz refletir sobre as tendências próprias dos impérios modernos, e os remêdios propostos pelos seus excessos, que podem se tornar piores que a doença. Além disso há uma clara referência a guerra fria. Katniss encarna o desejo que muitos tem hoje de uma terceira via entre a direita e esquerda. Realmente bom.

    Responder
  7. Peronio

    A ideia é boa, mas a tradução é meio ruim e achei umas coisas mal justificadas ou explicadas, e algumas descrições esquisitas, não muito claras. A resenha podia ter se aprofundado mais, como o comentário do Beagle.

    Responder
  8. Anonymous

    Eu tô muito chateada com isso de Jogos vorazes, eu até gosto, mas ai um bando de Potterheads ficam trocando Harry Potter por jogos vorazes, e ainda nem querem adimitir :(

    Responder
  9. C. Soares

    Já toda a trilogia. Recomendo, é muito bom!
    E ninguém trocou Harry Potter por Jogos Vorazes, não, dá para se gostar das duas séries ao mesmo tempo, oras. Ainda prefiro HP, mas JV se tornou o segundo da minha lista de preferidos. (:

    Responder
  10. Ana Luiza

    Já assisti e é muuito legal, mesmo assim não troquei Harry Potter.

    Responder
  11. Gabe

    Primeira série que me deixou com um friozinho na barriga depois de Harry Potter!

    Responder
  12. Kennedy

    Resenha muito mal escrita.

    Responder
  13. LawlietPotter

    Não gosto dessa história, pra mim não empolga, e é claro que nem chega nos pés de Harry Potter, já que uma cambada de moleques por aí tão pensando ultimamente

    Responder
  14. João ~

    Amei a introdução da resenha, mas o que realmente importa, que são a opinião e os argumentos, deixou MUITO a desejar. Mais atenção na próxima. ;)

    Responder
  15. Giovanni

    eu acho que essa sheila vieira errou o blog é potterish de harry potter não hunger gamesish :!:

    Responder
  16. You

    Chega dessa merda de hunger games pô, já falou agora chega…

    Responder
  17. Lorde Black Lestrange

    Eu apenas assisti o filme, mas pretendo ler os livros, porque adorei o filme, mas é obvio que The Hunger Games não é tão bom quanto HP! (Detalhe: o Liam Hensworth é muito gato!) 8)

    Responder
  18. Anne

    Cara! Depois de Harry, é claro, é a melhor série que já li. Bem diferente de Crepusculo :P
    Harry é claro, tem lugar cativo no meu coração, é o número 1. Mas devo admitir que jogos vorazes vem depois

    Responder
  19. Rodrigo Slytherin

    Muito bom esse livro. É um dos meus favoritos, mas a continuação não tem tanta vitalidade.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *