Seguir os conselhos do fantasma da sua tia avó de 105 anos nem sempre pode ser uma boa idéia, mas outras vezes pode fazer você acabar com um encontro marcado com um desconhecido, e isso pode ser um ótimo jeito de superar aquele ex namorado mala. Lara e Ed podem até terem se conhecido de uma forma bem inusitada, mas com certeza foram feitos umpara o outro.

Citação famosa: “Não dá para apagar o que você sente apenasporque a outra pessoa fez isso, não é?”

Porque ler: Como todos os livros da Sophie Kinsella, esse também é hilário, com uma protagonista maluca e situações inesperadas.

Mariana Arantes, resenhista do Clube do Livro

Menina de vinteMenina de Vinte
Sophie Kinsella

Lara Lington sempre teve uma imaginação fértil. Agora ela começa a se perguntar se está ficando maluca de vez. Meninas normais de vinte poucos anos não veem fantasmas, né? Pelo menos era o que ela pensava até o espírito da tia-avó Sadie, que foi uma jovem dançarina de Charleston com ideias avançadas sobre moda e amor, aparecer misteriosamente com um último pedido: Lara precisa localizar um colar que foi dela por mais de 75 anos. Só assim tia Sadie poderá descansar em paz. Além de encontrar a joia, Lara tem que lidar com probleminhas do dia a dia: a sócia foi curtir um romance em Goa, sua empresa está afundando e ela acabou de ser abandonada pelo homem “perfeito”. Nesta divertida história, Lara e Sadie são duas meninas de vinte bem diferentes que vão aprender a importância dos laços familiares e da amizade.