Selecione a página

Elementar…

Qual é a primeira coisa em que você pensa quando ouve falar em detetive? Provavelmente, em um dos maiores personagens da história da Literatura, Sherlock Holmes, criado por Arthur Conan Doyle no século XIX. Depois dele, nenhuma história de mistério foi mais a mesma.

Encontramos a influência da obra de Doyle em diversos personagens do cinema, da TV e dos livros, todos tendo racionalidade, a frieza, a arrogância e a genialidade em comum. Portanto, leia a resenha e deixe seu comentário. Elementar, meu caro Watson.

“Um Estudo em Vermelho”, de Sir Arthur Conan Doyle

tempo Tempo: para ler de um tiro só no fim de semana
indicacao Finalidade: para ficar na ponta da cadeira
restricao Restrição: para quem tem dificuldade com pontos de vista alternativos
principio Princípios ativos: mistério, crime, investigação dedutiva, traição e vingança.

barra

Após receber uma carta dos maiores detetives de Londres pedindo ajuda, Sherlock Holmes começa uma investigação detalhada com seu novo amigo Dr. Watson. Chegando ao local do crime, Sherlock Holmes encontra a vitima morta sem ferimento e com sangue ao seu redor.

Liv%20Letr%2011

O que deixa Sherlock Holmes mais intrigado são os pequenos vestígios do assassino que passaram despercebidos aos olhos do Sr. Gregson e do Sr. Lestrade, os maiores peritos criminais de Londres.

Vasculhando o local, Sherlock Holmes encontra cinzas de charuto, pegadas de pessoas… mas o que deu inicio à sua investigação foi uma aliança que caiu da vitima ao ser transportada para a maca e uma palavra alemã escrita a sangue humano em uma parede do cômodo: RACHE, que significa ‘vingança’.

Sir Conan Doyle nos apresenta em “Um Estudo em Vermelho”, seu personagem de renome mundial, Sherlock Holmes. No primeiro livro da série do personagem, Sir Conan Doyle nos conta, através das palavras de Dr. Watson, a personalidade de Sherlock Holmes: ‘costuma ser uma pessoa arrogante, que não demonstra muitos traços de sentimentalismo, preferindo muitas vezes o lado racional do ser’.

Publicado em 1887, “Um Estudo em Vermelho” tem um ritmo vertiginoso de suspense e mistério que consagraria o seu protagonista como o mais apaixonante e popular detetive da história da literatura.

A primeira adaptação cinematográfica veio em 1933, dos estúdios da K.B.S. Productions Inc. A obra, ainda em preto e branco, tem pouco mais de setenta minutos de duração e traz às telas a empolgante história do primeiro crime relatado por Dr. Watson.

Resenhado por Léo Scarpa

192 páginas, Editora FTD, edição de 2006.
*Título original: A Study in Scarlet. Publicado originalmente em 1888.

Onde Comprar

Sobre o autor

6 Comentários

  1. Matheus

    “Um Estudo em Vermelho” é um dos meus livros favoritos,em parte por seu suspense,em parte por ser o 1º de Sherlock Holmes. *spoiler*A 2ªParte é a mais intrigante,no qual Doyle volta completamente no tempo pra explicar o que fez com que aquilo acontecesse.Genial. *fim do spoiler*

    Responder
  2. Sarh

    Sherlock Holmes é meu detetive favorito para mim ele supera até Hercule Poirot…

    Responder
  3. Penny Poison

    Basto apenas eu ler o titulo do tópico pra saber que se tratava do Holmes HAUHSUAHSUAHUSHAS!
    The best ever!
    ele é e sempre será a base da criação dos milhares de personagens detetives, perspicaz, inteligente ele é muito phoda.. salve Conan Doyle o/

    Um estudo em vermelho é um dos melhores livros, sem duvida pra quem não conhece Holmes, vale a pena com certeza ler, pra quem gosta de suspence e policiais!

    Responder
  4. Patrick Rolson

    Eu li isso no meu colegio, quando eu era da sexta serie cara! Muito bom o livro!

    Responder
  5. Mariana Bortoletti

    O livro é o máximo, está ao lado do primeiro volume de As Brumas de Avalon no meu pedestal de melhores livros do mundo. :D Só não gostei da resenha, foi meio… rasa demais. Acho que podia ter desenvolvido bastante coisa sem dar muito spoiler, poderia sim.

    Responder
  6. Julieta

    Nossa pura verdade o que voce disse Sheila , depois de Sherlock nenhum livro de misterio foi mais o mesmo ….

    Com a obra de Doyle podemos ver diversas semelhanças que algumas series entre elas House no qual o proprio diretor afirmou ser inspirado em Sherlock

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *